Ministro Fux recebe Ajufe e presidentes de associações regionais para tratar de temas remuneratórios e convite para o jubileu de ouro

    O presidente da Ajufe, Nelson Alves, além dos presidentes de associações Regionais Shamyl Cipriano (AJUFER), Marcelle Ragazoni (AJUFESP), Saulo Bahia (AJUFBA), Adonias Carvalho Neto (AJUFEPI) e Mário de Paula Franco Júnior (AJUFEMG), estiveram em reunião com o Ministro Luiz Fux para tratar de temas remuneratórios. Foi exposta ao ministro a situação da Magistratura Federal, sem reajuste efetivo há 8 (oito) anos e com o poder de compra dos subsídios corroído pela crescente inflação. Pontuou-se a necessidade de envio de projeto de lei para revisão dos subsídios coerente com tal realidade, além de outras soluções remuneratórias, como o VTM (PEC 63/2013) e a simetria.

    O ministro igualmente externou a preocupação com a situação remuneratória da magistratura brasileira e informou que está adotando as providências necessárias para a resolução da situação.

    50 anos da Ajufe - Aproveitando o encontro com o ministro Fux, Nelson Alves o convidou para participar da celebração dos 50 anos da Ajufe, que ocorrerá entre os dias 19 e 21 de setembro.

    Durante o evento, estão programadas diversas palestras sobre a história da Justiça Federal, reflexões sobre o caminho que a Justiça brasileira tem trilhado, além do lançamento de um foto-livro dos 50 anos da Ajufe. Além disso, está marcada uma homenagem no plenário do Senado Federal, com uma sessão solene pelo jubileu de ouro da Ajufe, seguida do lançamento da Agenda Político-Institucional da entidade.

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?

    Ajufe.org

    A Ajufe utiliza cookies com funções técnicas específicas.

    Nós armazenamos, temporariamente, dados para melhorar a sua experiência de navegação. Nenhuma informação pessoal é armazenada ou capturada de forma definitiva pela Ajufe. Você pode decidir se deseja permitir os cookies ou não, mas é necessário frisar que ao rejeitá-los, o visitante poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do Portal Ajufe. Enfatiza-se, ainda, que em nenhum momento cria-se qualquer tipo de identificador individual dos usuários do site. Para demandas relacionadas a Tratamento de Dados pela Ajufe, entre em contato com privacidade@ajufe.org.br.