Nelson Alves participa de primeira sessão no CJF como presidente da Ajufe

    O presidente da Ajufe no biênio 2022-2024, Nelson Alves, participou, nesta segunda-feira (27/6), de sua primeira sessão no Conselho da Justiça Federal à frente da associação. O vice-presidente da 1ª Região, Shamyl Cipriano, também acompanhou a sessão. Durante a reunião do Colegiado, o presidente, ministro Humberto Martins, deu as boas vindas ao juiz federal.

    “Abrimos esta sessão dando as boas novas ao presidente da Ajufe, Nelson Alves, dessa Associação que tanto contribui e briga por interesses maiores da cidadania, da magistratura e, sobretudo, pelo respeito aos Poderes. Cidadania é com justiça de mãos dadas. Sem justiça não há democracia. E sem democracia não há Estado de Direito”, afirmou.

    Nelson Alves agradeceu a receptividade e afirmou que a Ajufe continuará colaborando para o fortalecimento da magistratura federal. “Para mim é uma honra muito grande estar neste Conselho sob a liderança do ministro Humberto Martins, que tanto fez pela magistratura federal. A Ajufe está sempre à disposição deste Conselho para somar, trazer novas ideias e manter a nossa parceria de sempre”, disse.

    A pauta do dia contemplou o SEI sobre o Sistema Nacional de Remoção de servidores (SINAR), tema acompanhado pela Ajufe. Foi aprovada, por unanimidade, a proposta de resolução com o intuito de reformular o SINAR.

    Sessão cjf 4

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?

    Ajufe.org

    A Ajufe utiliza cookies com funções técnicas específicas.

    Nós armazenamos, temporariamente, dados para melhorar a sua experiência de navegação. Nenhuma informação pessoal é armazenada ou capturada de forma definitiva pela Ajufe. Você pode decidir se deseja permitir os cookies ou não, mas é necessário frisar que ao rejeitá-los, o visitante poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do Portal Ajufe. Enfatiza-se, ainda, que em nenhum momento cria-se qualquer tipo de identificador individual dos usuários do site. Para demandas relacionadas a Tratamento de Dados pela Ajufe, entre em contato com privacidade@ajufe.org.br.