Ajufe participa de workshop sobre diálogos e cooperação nos JEFs

    Nesta quarta-feira (10), o presidente da Ajufe, Eduardo André Brandão, participou da abertura do workshop “Diálogos e Cooperação no Sistema Recursal dos Juizados Especiais Federais – 5ª edição”. O evento é uma realização do Centro de Estudos Judiciários e Turma Nacional de Uniformização (TNU), em parceria com a Enfam.

    O objetivo do encontro é proporcionar um ambiente de debates acerca da análise dos pedidos de uniformização, com vistas ao aprimoramento da prestação jurisdicional. O workshop terá a apresentação de dois temas e posteriormente os participantes serão divididos em oficinas para ampliarem os debates.

    Entre os palestrantes e mediadores estão magistradas e magistrados da TNU, de Turmas Recursais e da Corregedoria-Geral da Justiça Federal.

    O evento, que ocorre até amanhã quinta-feira (11), é voltado para magistrados (as) e assessores (as) que estão ligados ao sistema recursal dos JEFs, diretamente envolvidos no juízo de admissibilidade dos Pedidos de Uniformização de Interpretação de Lei Federal.

    A coordenação científica é da juíza federal auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça Federal, Daniela Pereira Madeira e do juiz federal Auxiliar da TNU, Daniel Machado da Rocha. A certificação será mediante o registro de 50% da frequência, por meio eletrônico.

    Informações: https://bit.ly/3wFhir9

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?

    Ajufe.org

    A Ajufe utiliza cookies com funções técnicas específicas.

    Nós armazenamos, temporariamente, dados para melhorar a sua experiência de navegação. Nenhuma informação pessoal é armazenada ou capturada de forma definitiva pela Ajufe. Você pode decidir se deseja permitir os cookies ou não, mas é necessário frisar que ao rejeitá-los, o visitante poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do Portal Ajufe. Enfatiza-se, ainda, que em nenhum momento cria-se qualquer tipo de identificador individual dos usuários do site. Para demandas relacionadas a Tratamento de Dados pela Ajufe, entre em contato com privacidade@ajufe.org.br.