NOTA OFICIAL - AJUFE E AJUFER

    A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e a Associação dos Juízes Federais da 1ª Região (Ajufer) esclarecem que o princípio da independência judicial é necessário para proteger a segurança jurídica de todos os Brasileiros, devendo o magistrado ter liberdade para tomar as decisões que entende corretas com base nas provas contidas nos autos e de acordo com seu livre convencimento.

    Vale destacar que a decisão, proferida pelo ministro Reynaldo Soares da Fonseca, transitou em julgado, sem recurso do MPF ou MPMT. Não houve sequer agravo regimental. Portanto, é inadmissível qualquer ofensa pessoal ou tentativa de levantar dúvidas sobre a imparcialidade do magistrado em razão de suas decisões fundamentadas tecnicamente.

    A Ajufe e a Ajufer repudiam ataques contra os Juízes Federais pelo simples cumprimento de suas atribuições constitucionais. Gerar desconfiança sobre a atuação da magistratura contraria o Estado Democrático de Direito e a independência dos Poderes, devendo ser duramente rechaçada.

     

    Fernando Mendes

    Presidente da AJUFE

     

    Célia Regina Ody Bernardes

    Presidente da AJUFER

    Tags:
    Dúvidas, sugestões ou mais informações?

    Fale Conosco

    Dúvidas, sugestões ou mais informações? Entre em contato com a Ajufe. Queremos melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados.

    Os campos com asterísco (*) são de preenchimento obrigatório.
    4 + 3 = ?
    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org